O apartamento assombrado da 407 Norte

Antes de mais nada, é importante deixar claro que histórias de assombrações geralmente são lendas urbanas que vão se formando e se transformando ao longo dos anos. Cada um que conta termina por acrescentar ou omitir algum detalhe do fato, tornando quase impossível uma apuração mais detalhada.

No caso da 407 Norte, existe uma história antiga de que há um apartamento na quadra que não consegue ser mais vendido ou alugado, pois seus moradores fogem do imóvel depois de alguns dias de mudança. Mas ninguém confirma ou prova nada sobre isso. O que já foi falado é que um homem que morreu afogado no Lago Paranoá morou nesse apartamento nos anos 80.

E, realmente, há registros de que isso aconteceu. Terá sido esse o ponto de partida da história?

Bloco N da 407 Norte em 2020

No dia 8 de janeiro de 1986, o motorista do Ministério das Relações Exteriores João Zacarias da Silva, 62 anos, morreu afogado no lago. Ele morava no bloco N da 407 Norte com esposa e quatro filhos. De acordo com a apuração do Correio Braziliense na época, João havia ido pescar quando sua embarcação, que era bem pequena, virou e ele não conseguiu voltar. Era a primeira vez que ele pescava em um barco na parte profunda do Lago Paranoá e havia ido acompanhado de mais dois pescadores profissionais. A reportagem também destaca o fato de que o peso de João e o fato dele estar de sapatos e calça social dificultaram sua mobilidade durante o acidente.

A família do motorista era do Rio de Janeiro e estavam em Brasília por conta do trabalho de João como servidor público. É possível que tenham voltado para sua cidade natal após o ocorrido. Mas não há registros de qual era o apartamento em que eles moravam, nem se esse é mesmo o local das supostas aparições fantasmagóricas.

Matéria publicada no Correio Braziliense em 9 de janeiro de 1986

Um comentário em “O apartamento assombrado da 407 Norte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s