A origem do nome do Posto Colorado

O nome Colorado está presente em diversos lugares na região de Sobradinho. É nome de bairro, posto de gasolina, motel, hotel, cartório e muito mais. Mas de onde surgiu tudo isso se Colorado é um estado norte-americano que nada tem a ver com o Distrito Federal?

Tudo começou com o casal de pioneiros Joel José Rodrigues e Zuleica Neves Rodrigues, que chegaram na Cidade Livre, atual Núcleo Bandeirante, em 1959. Eles vieram com 3 filhas pequenas (tiveram mais 1 filho no ano seguinte) e um caminhão que logo começou a transportar areia do Rio Corumbá para as obras de construção da capital. O negócio prosperou e, em 1963, já conseguiram montar sua própria frota de veículos.

Padre Roque, pioneiro do Núcleo Bandeirante, abençoando a frota do casal Rodrigues em 1963

Pouco tempo depois, tornaram-se sócios da Pedreira Calita, na região de Sobradinho, administrando a extração e o transporte de brita para os diversos empreendimentos que continuavam a acontecer em Brasília. A partir dessa iniciativa surgiu uma mineradora chamada Sociedade Fertilizantes Calcáreos Ltda., a Fercal, que deu nome ao local e hoje é uma Região Administrativa independente.

Mas o empreendedorismo do casal não parou por aí. Em 1971, eles compraram um pequeno posto de gasolina na subida de Sobradinho chamado Posto Paranoá. Eles o rebatizaram de Posto Colorado, nome em homenagem aos filmes de faroeste com Glen Ford, Roy Rogers e William Holden, que Joel tanto admirava.

Com o passar dos anos, o posto cresceu e se tornou referência para Brasília e demais regiões beneficiadas pela saída norte do Distrito Federal, servindo como importante ponto de apoio para caminhoneiros, tanto como espaço de descanso, quanto para troca de cheques dos fretes, em uma época em que o acesso aos bancos era extremamente restrita.

Posto Colorado em 1983

Em 1989, o casal Rodrigues vendeu o posto para o Grupo Gasol, proprietários do negócio até hoje. Depois disso, Joel fundou a Colorado Poços Artesianos, chegando a perfurar cerca de 500 poços em diversas regiões do Distrito Federal.

Em 1983, Joel e Zuleica compraram uma chácara na região do Colorado (denominação já derivada do do posto), onde residem desde então. E o espírito empreendedor dos pioneiros continuou na família. Miguel Galvão, um dos netos do casal, é o criador do Picnik, um dos maiores eventos ao ar livre do Distrito Federal.

Zuleica e Joel em sua chácara no Colorado
Joel com os netos Gabriel, Miguel, Estevam e Kayra em 1986

Fotos cedidas pela família Rodrigues.

14 comentários em “A origem do nome do Posto Colorado

  1. Seu Joel e dona Zuleica quem nunca ouviu falar desse casal na região de sobradinho e colorado tive o prazer de conhecê-los pessoas maravilhosas acolhedora coração enorme Deus os abençoe

    Curtir

  2. MEUS IRMÃOS. QUE VOCES ERAM PIONEIROS DE BRASILIA EU SABIA.MAS A HISTORIA DO COLORADO NÃO. ME LEMBRO DO POSTO, DO MOVIMENTO, SEMPRE QUE PASSAVA POR BRASILIA ABASTECIA LÁ. QUANTO ORGULHO DE VOCES, DE TODA A FAMILIA. COMO SEMPRE BEM RECEBIDOS EM SUA CASA! JUSTA HOMENAGEM Á VCS, MEU CUNHADO E IRMÃ. TAMBEM ME LEMBRO DO SACRIFICIO INICIAL NO NUCLEO BANDEIRANTES.PARABENS.

    Curtir

  3. Lindos tem uma história de vida e caminhada juntos e uma família maravilhosa parabéns pela sua família bjs dona zu e seu Joel e suas filhas Branca, María e cristina

    Curtir

  4. Seu Joel comprou esse posto de gasolina de uma familia de gaúchos em 1971. um dos filhos, por incrível que pareça ru o encontrei hoje, se chama Dirceu, 71 anos. Nos anos 60 essa famia de Gaúchos tbem tinham caminhões que vendiam gasolina para meu pai que tinha posto aqui Sobradinho. Abraço sr. Joel.Sogro de amigo meu.

    Curtir

  5. João Edgar de Novais tive o prazer de conhecer o Sr. Joel e seu irmão Jarbas . Que tinha a oficina mecânica que funcionava a princípio no Porto. Depois em ,Sobradinho. Ontem está o depósito Rezende .estive por deveres veses em sua chácara.próxima ao restaurante da Dona Lili

    Curtir

  6. Eu e meu pai, Sr. Augusto, conhecemos o Joel por volta de 1985.
    Faz um bom tempo que perdemos o contato com ele, mas, é bom ver que sua história não se perdeu no tempo.

    Curtir

Deixe uma resposta para João marcus Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s