O dia em que Roriz escapou da morte

1o de janeiro de 1991. Dia da posse de Joaquim Roriz como o primeiro governador eleito do Distrito Federal. Um grande evento foi organizado para a ocasião, preparando a Praça do Buriti para receber as milhares de pessoas que assistiriam a transmissão de cargo do ex-governador Wanderley Vallim para o novo ocupante do Executivo.

Roriz comemorando a vitória na eleição para governador

A previsão era de muita chuva para aquele dia, por isso o cerimonial preparou o interior do ginásio Nilson Nelson como um local alternativo para o evento. Mas a tempestade só veio após a transmissão do cargo e o discurso de Roriz, fazendo a multidão presente na praça correr para dentro do Palácio do Buriti. Os shows que ainda aconteceriam (Leandro e Leonardo, Chico Rey e Paraná e outras duplas sertanejas), assim como uma queima de fogos, foram cancelados.

População reunida na Praça do Buriti para a cerimônia de transmissão de cargo

Foi então que chegou a notícia para os membros do novo governo: o teto do ginásio havia desabado com a força da chuva! Todos escaparam de uma tragédia, que certamente teria acontecido se a cerimônia de posse tivesse sido transferida para o Nilson Nelson, como foi cogitado fazer antes da tempestade.

O teto do ginásio Nilson Nelson veio abaixo com a forte chuva

Estavam no palanque principal e, provavelmente, teriam morrido ou ficado gravemente feridos: Joaquim Roriz, José Roberto Arruda, Paulo Octavio, Luiz Estevão, Vigão, Tadeu Filipelli, Valmir Campelo, Benedito Domingos, Wesliam Roriz e as filhas Liliane e Jaqueline, Márcia e Sarah Kubitschek, além de várias deputados, embaixadores e jornalistas.

A reforma do Nilson Nelson durou anos e, quando terminou, o ginásio teve sua capacidade reduzida de 24 mil para 16 mil pessoas.

Um comentário em “O dia em que Roriz escapou da morte

  1. “A reforma do Nilson Nelson durou anos”. Como é de praxe aqui em Brasília e pelo Brasil inteiro. Os governos levam anos para concluir uma simples reforma. Tudo isso por culpa da burocracia, desvio de verbas e corrupção.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s